Ver mais

Mais ação, menos previsão

Data
2/1/2024
Autor
Fred Alecrim
Compartilhar

Em um mundo tão dinâmico e instável, ser ágil é muito importante.  A época onde passávamos a maior parte do tempo planejando o que fazer, passou.  Não dá mais para liderar com base em mapas, investir a maior parte de um projeto em seu planejamento ou ainda, tentar desenvolver uma visão clara de longo prazo.

O MAPA

O mapa foi usado muitas vezes para guiar a liderança e seus movimentos.  Porém, eram tempos onde a mudança era lenta e até previsível.  Os softwares eram desenvolvidos em cascata e o planejamento continha cada detalhe, suas etapas, movimentos, direções e visão de longo prazo.

A era do GPS

O mapa já não cabe mais, quer saber o porquê?  Quando os mapas são traçados, levam em consideração o conhecimento daquele momento ou seja, é uma representação estática de um dado período.  Na melhor das hipóteses, o mapa vai te levar por caminhos já traçados, mas não mostra novos caminhos que podem ser aberto por você.  Novos destinos, rotas e trilhas que você pode criar.

Imagine um planejamento de 3 meses, a quantidade de coisas que podem mudar dentro e fora da empresa.  Imagine mesmo assim, nada mudar na rota e direção do negócio, pois muito tempo foi investido para desenhar aquela mapa e mesmo que não leve a empresa onde se deseja, não se pode desperdiçar o tempo já "investido".  Imagine investir tanto tempo para traçar um mapa onde as mudanças internas e externas nem foram percebidas e assim a rota traçada com tanta dedicação vai levar o negócio à deriva. O GPS é uma forma mais segura de liderar negócios e projetos.  

No GPS, há os 3 elementos básicos para qualquer ideia virar ação e ter mais chances de alcançar os resultados desejados.O GPS é uma forma mais segura de liderar negócios e projetos.  No GPS, há os 3 elementos básicos para qualquer ideia virar ação e ter mais chances de alcançar os resultados desejados. GPS é uma forma mais segura de liderar negócios e projetos.  No GPS, há os 3 elementos básicos para qualquer ideia virar ação e ter mais chances de alcançar os resultados desejados.O GPS é uma forma mais segura de liderar negócios e projetos.  No GPS, há os 3 elementos básicos para qualquer ideia virar ação e ter mais chances de alcançar os resultados desejados.

- Gente: Pessoas certas no lugar certo unidas por um propósito de impacto positivo claro;

- Processos: Os melhores processos mantidos simples, escritos,  acreditados, revisados e com o foco das pessoas;

- Sistemas:  A melhor tecnologia possível para facilitar e melhorar a vida das pessoas.  Automação para que as pessoas possam se dedicar onde podem fazer mais diferença.  Dados, em tempo real, para guiar tomada de decisão, manutenção ou mudança de rota.

Além disso, o GPS, diferentemente do mapa, abre um espaço para ajustes, melhorias e evolução daquilo que você está construindo.  Enquanto um mapa é baseado no que você sabia, quando ele foi planejado, o GPS privilegia o que você sabe agora, a sua evolução de consciência e crescimento técnico comportamental ágil.

"O mais importante, entretanto, é que quando você vai planejando e construindo, durante o processo, você pode fazer o que pensa, não o que pensava. Todos os planos estão enraizados no passado - eles nunca são o que você pensa agora, são o que você pensava naquela época. E, na melhor das hipóteses, são apenas suposições sobre o futuro. Sei muito mais sobre hoje do que há três meses. Por que não aproveitar essa realidade? Não quero ficar preso à minha mente anterior." Jason Fried, Basecamp

Um GPS deve ser usado de forma colaborativa, permitindo e provocando ajustes, sempre que necessários.  Sem apego ao que já foi feito, porém grande compromisso com o que precisa ser feito daqui pra frente.  Cada pessoa do time é uma parte importante, mostrando, sugerindo e fazendo as mudanças necessárias;  Mostrando novas rotas, melhor trilha naquele dia ou semana, sugerindo mudança de direção, mostrando um novo norte, por exemplo.  Mas, o GPS precisa estar sempre calibrado.

- Como podemos fazer diferença na vida das pessoas?

- Que perguntas nosso negócio responde?

- Quais indicadores nos mostram se estamos na direção certa?

- Quais os nossos valores (aqueles dos quais não abrimos mão)?

- Para onde vamos hoje?

- O que precisamos fazer hoje para chegar lá?

Com o GPS, o negócio constrói a melhor rota em cada momento e evita assim ir por caminhos que não servem mais para os propósitos da empresa.  Ter que visualizar tudo do início ao fim, pensar em tudo, tentar eliminar todos os riscos antes de começar a agir, é ainda mais perigoso para a saúde dos negócios.  

Quanto mais pronta a ideia estiver, quer dizer que mais tempo ela levou para ser concebida e aí fica mais difícil perceber quando ela não nos serve mais.  Já nos apegamos demais a ela e podemos morrer presos por esse apego, concorda? Comece, mesmo sem ver a escada toda, sem ter a ideia do produto pronto.  

Afinal, o seu negócio, seus projetos, produtos ou serviços podem se tornar o que você pensou, mas podem ser outra coisa ainda melhor. E você só vai saber o potencial daquela ideia se der permissão e chance para que isso aconteça.

"A grande vantagem de descobrir à medida que avançamos é que podemos nos ajustar constantemente. Não giramos o leme uma vez a cada seis meses, mas com a frequência necessária - às vezes diariamente. Isso nos ajuda a evitar grandes erros. Não temos que corrigir o curso porque não podemos realmente nos desviar muito do curso. Pequenos erros realmente nem se qualificam como erros, são apenas decisões que tomamos no momento. Se precisarmos fazer algo diferente em um momento diferente, nós o faremos. Mudar de ideia não precisa vir com o tipo de justificativa profunda e árdua que é exigida quando você investiu pesadamente para se decidir pela primeira vez."Jason Fried, Basecamp

Um passo de cada vez, sem apego pelo que está sendo construído.  Mantenha o foco na transformação que sua construção causa ou vai causar na vida das pessoas, não na construção em si.  O que está sendo construído pode mudar, o processo pode mudar, a ideia pode mudar, a direção pode mudar, tudo pode mudar, menos o propósito que une o time.  É esse propósito que ajuda na calibragem diária do GPS do seu negócio.  Como fazemos e o que fazemos, pode mudar.  E mudam, sempre que necessário baseado em algo que direciona essas mudanças, o porquê?

Não se trata de ferramentas, você pode trocar quantas vezes quiser.  Não se trata de processos, você pode mudar sempre que for preciso.  Não se trata do que você sabia ontem ou já fez.  Se trata do que você sabe mais a cada dia.  Esse conhecimento diário adquirido precisa ter espaço para ser incorporado nas suas construções (projetos) sob pena de construir algo que não resolve o problema, pois ele já mudou, ficou maior ou não existe mais. Se trata do que precisa ser feito hoje e a cada dia com o melhor de cada dia e não de ontem.  Trata-se do propósito, da razão que une sua gente trabalhando para transformar vidas, uma de cada vez, através do negócio, produtos e serviços.

E aí, já calibrou o seu GPS hoje?Comece, mesmo sem ver a escada toda, sem ter a ideia do produto pronto.  Afinal, o seu negócio, seus projetos, produtos ou serviços podem se tornar o que você pensou, mas podem ser outra coisa ainda melhor. E você só vai saber o potencial daquela ideia se der permissão e chance para que isso aconteça.

"A grande vantagem de descobrir à medida que avançamos é que podemos nos ajustar constantemente. Não giramos o leme uma vez a cada seis meses, mas com a frequência necessária - às vezes diariamente. Isso nos ajuda a evitar grandes erros. Não temos que corrigir o curso porque não podemos realmente nos desviar muito do curso. Pequenos erros realmente nem se qualificam como erros, são apenas decisões que tomamos no momento. Se precisarmos fazer algo diferente em um momento diferente, nós o faremos. Mudar de ideia não precisa vir com o tipo de justificativa profunda e árdua que é exigida quando você investiu pesadamente para se decidir pela primeira vez."Jason Fried, Basecamp

Um passo de cada vez, sem apego pelo que está sendo construído.  Mantenha o foco na transformação que sua construção causa ou vai causar na vida das pessoas, não na construção em si.  O que está sendo construído pode mudar, o processo pode mudar, a ideia pode mudar, a direção pode mudar, tudo pode mudar, menos o propósito que une o time.  É esse propósito que ajuda na calibragem diária do GPS do seu negócio.  Como fazemos e o que fazemos, pode mudar.  E mudam, sempre que necessário baseado em algo que direciona essas mudanças, o porquê? Não se trata de ferramentas, você pode trocar quantas vezes quiser.  Não se trata de processos, você pode mudar sempre que for preciso.  Não se trata do que você sabia ontem ou já fez.  Se trata do que você sabe mais a cada dia.  Esse conhecimento diário adquirido precisa ter espaço para ser incorporado nas suas construções (projetos) sob pena de construir algo que não resolve o problema, pois ele já mudou, ficou maior ou não existe mais. Se trata do que precisa ser feito hoje e a cada dia com o melhor de cada dia e não de ontem.  Trata-se do propósito, da razão que une sua gente trabalhando para transformar vidas, uma de cada vez, através do negócio, produtos e serviços.

E aí, já calibrou o seu GPS hoje?

Posts Relacionados
Ser ágil vai além da rapidez e nem de perto é a mesma coisa que pressa; é ter uma mentalidade adaptável, capaz de navegar pelas incertezas do mercado e responder rapidamente às mudanças. É como um surfista que pega as ondas da transformação e as usa para impulsionar seu negócio.
Refletir sobre como a centralização pode sufocar o crescimento e a autonomia pode liberar o potencial da equipe é crucial para definir o papel correto no empreendimento.
Em um mundo tão dinâmico e instável, ser ágil é muito importante. A época onde passávamos a maior parte do tempo planejando o que fazer, passou. Não dá mais para liderar com base em mapas, investir a maior parte de um projeto em seu planejamento ou ainda, tentar desenvolver uma visão clara de longo prazo.

Receba conteúdos exclusivos no seu e-mail

Inscreva-se em nossa newsletter!

Obrigado! Seu formulário foi enviado.
Ops! Algo deu errado, tente novamente.